O que é Educação Emocional no Trânsito?

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

CONCEITO OFICAL DO LIVRO “EDUCAÇÃO EMOCIONAL NO TRÂNSITO: O MEDO E A RAIVA DOS CONDUTORES”.

“Educação emocional no trânsito é o processo de desenvolvimento de habilidades emocionais para o trânsito, envolvendo a autopercepção e o controle emocional, bem como o altruísmo, a empatia e a cooperação para a prevenção de acidentes, infrações, conflitos e/ou manejo do stress, saúde e qualidade de vida dos condutores” (RAMALHO, 2011).

O conceito de Educação Emocional no Trânsito foi desenvolvido pelo professor Rodrigo Ramalho no ano
2000 quando o mesmo obteve os primeiros contatos com a teoria da Inteligência Emocional (IE) na academia com sua orientadora Angelina de Athayde (precursora da Educação Emocional no Brasil). Até aquele momento, a teoria da IE fora utilizada principalmente nas empresas, na escola e na área interpessoal.

Com a orientação de Athayde, o pesquisador construiu uma matriz de conhecimento (sobre competência emocional) que pudesse atender às questões do trânsito. A partir deste ponto, o estudo da Educação Emocional se projeta para as vias públicas repletas de condutores agressivos, frustrados e confusos. Isto, porque ainda no início do século XXI não estavam preparados para o crescimento vertiginoso de uma frota que já somava milhões de veículos.

Os estudos e pesquisas produziram um modelo que sugere ciclos de emoções que podem culminar em comportamentos perigosos e até criminosos no trânsito. Estes ciclos envolvem emoções aprendidas na infância que levamos conosco para a vida adulta e consequentemente para o trânsito.

Descrever apenas estes fenômenos se tornou pouco útil na medida em que o estudo se limitava apenas em descrever comportamentos emocionais estereotipados de condutores agressivos. Começou a se tornar mais viável quando, a partir da observação destes fenômenos, iniciou o desenvolvimento de uma metodologia de ensino que desmotivasse este ciclo de emoções de acontecer ou de se perpetuar.

Esta metodologia é chamada de Educação Emocional no Trânsito. Trata-se de um modelo de educação que estimula o autoconhecimento e a empatia: para que o indivíduo possa reconhecer as emoções em si e nos outros. Ensina o controle da raiva, para que suas atitudes sejam mais planejadas e prudentes, e para que ele possa responder de forma mais equilibrada às emoções do outro. Este conhecimento desenvolve habilidades emocionais para a prevenção e administração do estresse, bem como o redirecionamento da agressividade para comportamentos mais cooperativos e eficientes.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhar