Viver em centros urbanos pode aumentar os níveis de estresse no cérebro da população

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Viver em centros urbanos pode aumentar os níveis de estresse no cérebro da população

Viver na zona rural em contato com a natureza tem diversas vantagens, embora isto não seja possível para maioria da população que se concentra em centros urbanos. Esta concentração de pessoas, veículos, vias e empreendimentos desorganizados tem um impacto direto na qualidade de vida das pessoas, isto é fato! Em se tratando da diferença de motoristas de vias urbanas e de cidades pequenas, parece que as diferenças não são apenas na paisagem, mas no cérebro também.

 

Por: Suzana Herculano Houzel, neurocientista, professora da UFRJ.

Um estudo canadense publicado recentemente na revista “Nature” diz que enquanto resolviam tarefas de aritmética contra o tempo, os voluntários do estudo, moradores de áreas rurais ou cidades grandes, alguns criados nessas, outros não, tiveram seus cérebros vasculhados pelos pesquisadores atrás de diferenças entre uns e outros. E lá estão elas.

Quem vive atualmente em centros urbanos mostra uma atividade mais exacerbada da amígdala durante o estresse, o que deve levar a uma reação mais forte a ele. Quem foi criado em cidades grandes tem um aumento da atividade do córtex cingulado anterior, uma região envolvida na regulação da atividade da amígdala, de emoções negativas e do estresse.

Quanto maior o tempo passado em cidades grandes até a fase da adolescência, maior a hiper-reatividade do cingulado anterior. É como se crescer em cidades grandes, não importa para onde se vá depois, fizesse o cérebro aprender a esperar pelo pior em situações de estresse. E só isso: sem estresse, o cérebro urbano não parece diferente do cérebro rural. Para quem insiste em viver em cidades grandes, portanto, fica a dica: se seu cérebro é hiper-reativo ao estresse… fuja do estresse!

Fonte: Folha de São Paulo

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhar